Info Angola

Destaques

Angola assume a presidência do Órgão de Defesa

Angola vai assumir a presidência do Órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) durante a 37ª Cimeira da Comunidade, que decorre de 11 a 20, em Pretória, África do Sul.
O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, participa, nos dias 15 e 16, numa reunião do Conselho de Ministros da SADC, que antecede à Cimeira de Chefes de Estado e de Governo, agendada para os dias 19 e 20. Segunda-feira decorre a reunião da Dupla Troika do Órgão de Política, Defesa e Segurança dos Ministros dos Negócios Estrangeiros, Defesa e Interior da SADC.

Ler mais...

Já há cadernos eleitorais!

Os cidadãos eleitores já podem consultar os locais onde vão exercer o seu direito de voto, através das listas dos cadernos eleitorais que começaram ontem a ser afixados nas assembleias de voto de todo o país.
A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) instalou, em todo o país, cerca de 12.512 assembleias e 25.873 mesas de voto. A partir de hoje, os cidadãos que forneceram os números dos telemóveis vão começar a receber chamadas telefónicas ou mensagens com a indicação da mesa e da sua assembleia de voto.
Já os cidadãos eleitores que não forneceram os números de telefones, caso queiram saber a sua assembleia e a mesa de voto, devem enviar uma mensagem para o número 40666, com o número do cartão de eleitor e adicionar o número do grupo. O sistema de telechamadas começa a funcionar na próxima segunda-feira, através do terminal 19102. Na terça-feira, a CNE dá início ao sistema de informação ao eleitor, com os agentes a informar aos eleitores o local de voto. A porta-voz da Comissão Nacional Eleitoral, Júlia Ferreira, adiantou que esta tarefa vai ser feita gradualmente para uma divulgação efectiva, eficaz e abrangente aos cidadãos eleitores.

Não há voto antecipado

A Comissão Nacional Eleitoral concluiu que não existem condições materiais, logísticas, humanas e operacionais para a realização do voto antecipado e do voto no estrangeiro. Ao justificar as razões para a não realização do voto antecipado, a porta-voz da CNE esclareceu que o voto antecipado é um sistema de votação especial previsto na Lei Orgânica Sobre as Eleições Gerais , mas a forma de votação não está concretizada na legislação eleitoral.
Júlia Ferreira adiantou que era necessário que a CNE definisse os mecanismos para a sua efectivação, uma vez que a Lei estabelece o período entre 13 a 18 de Agosto para a realização do voto antecipado, cinco dia antes do dia das eleições.
A Lei estabelece que o voto antecipado deve ser feito nas comissões municipais eleitorais, o que significa que a CNE tinha de desenvolver mecanismos para assegurar a presença dos delegados de listas e dos observadores eleitorais nas comissões eleitorais para acompanhamento do processo. A porta-voz esclareceu ainda que o apuramento do voto antecipado deve também ser feito nas comissões municipais eleitorais. Para tal , a CNE deveria definir mecanismos para permitir a transportação das urnas e segurança para a guarda do material até a altura do apuramento dos resultados.

Partidos em falta

Na plenária, orientada pelo presidente da Comissão Nacional Eleitoral e na presença de todos os comissários do órgão, foi apreciado o estado de preparação das eleições, com destaque para o credenciamanento dos partidos e coligações, observação eleitoral e auditoria a solução tecnológica.
Quanto ao credenciamento dos partidos políticos e coligação de partidos, a porta-voz da CNE explicou que as formações políticas concorrentes continuam em falta em relação a entrega de listas em alguns municípios. Para tornar mais fácil o processo de credenciamento dos partidos para a fiscalização do processo nas assembleias de voto, a CNE decidiu orientar as comissões eleitorais municipais para a validação das listas dos delegados indicados pelos partidos.


Fonte: Jornal de Angola, 03 de Agosto de 2017

Plataforma Bolsa de Solidariedade Social é criada em Angola

Plataforma Bolsa de Solidariedade Social é criada em Angola

O Vice-Presidente da República, Manuel Vicente, procedeu ontem em Luanda ao lançamento da plataforma Bolsa de Solidariedade Social, uma iniciativa do Ministério da Assistência e Reinserção Social que pretende ajudar quem mais precisa. O Vice-Presidente da República lembrou que a verba do Orçamento Geral do Estado dedicado ao sector social tem aumentado ao longo dos últimos anos.

Ler mais...

Começa a campanha eleitoral

A campanha eleitoral para a eleição do Presidente da República, Vice-Presidente da República e deputados à Assembleia Nacional começa oficialmente hoje, em todo o território nacional, anunciou ontem em Luanda o presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), André da Silva Neto.

Ler mais...

O Primeiro Satélite Angolano: Angosat-1

O AngoSat-1 deverá estar em órbita ainda este ano e a ambição é de novos lançamentos até 2025.

O Governo angolano inclui o lançamento de satélites de teledeteção remota dentro de dois anos, no programa de Estratégia Espacial até 2025 que tem como ponto central o lançamento do satélite AngoSat-1, ainda em 2017.

Ler mais...

Candidato do MPLA dá primeira entrevista colectiva

 1.ª Entrevista Colectiva do General João Lourenço

O candidato do MPLA a Presidente da República às eleições gerais de 23 de Agosto, João Lourenço, concedeu, sexta-feira, a sua primeira entrevista colectiva à imprensa nacional.

Abaixo, encontre a entrevista na íntegra.

Ler mais...

Anuncie aqui! Clique para mais informações.