Info Angola

Destaques

Destaque

Avultados investimentos garantem o relançamento da economia nacional

O empréstimo bilionário da China a Angola de dois biliões de dólares norte-americanos, logo após a paz, tendo como meio de troca o crude, constituiu-se na principal alavanca para o relançar de uma economia desestruturada e inflacionada. Dependente das importações, com indústrias destruídas, sem vias rodoviárias e ferroviárias circuláveis. Este primeiro avultado empréstimo da China permitiu um grande ganho ao povo angolano no domínio da circulação de pessoas e bens. Foi possível construir novas estradas e caminhos-de-ferro – que hoje ligaram o país de Norte a Sul e Leste ao Oeste.

Ler mais...

Multa para quem “zungar” será de Kz 45 mil

45mil

Em comunicado enviado à imprensa, a CACL, que em Fevereiro último passou a ser liderada pelo governador da província de Luanda, o general Higino Carneiro, justifica a medida com a nova lei das transgressões administrativas e adverte que além dos vendedores também quem compra na rua da capital pode ser sancionado.

Ler mais...

Municípios de Viana e Belas serão divididos

312 O governador de Luanda, Higino Carneiro, anunciou ontem a divisão dos municípios de Belas e Viana. Do município de Belas será destacado um outro, de Talatona. Já Viana será dividido entre Zango e Bela Flor.

Ler mais...

Angola assume presidência do Conselho de Segurança

conselho-seg Angola assume a partir de amanhã a presidência rotativa do Conselho de Segurança das Nações Unidas, dia em que será discutido e formalmente adoptado o programa de trabalhos para o mês de Março.

Ler mais...

Chikoti garante que não há motivo para alarme sobre ameaças à segurança

chikoti-razaoO ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, afirmou que “não há motivos para alarme” nas ameaças à segurança de estrangeiros no país, assumindo que o alerta emitido este mês pela embaixada norte-americana em Luanda foi extemporâneo.

Ler mais...

Angola lança estratégia sobre o Dividendo Demográfico

Luanda, 8 de Junho de 2017. Celebrou-se na manhã desta quarta-feira a apresentação da estratégia angolana para o chamado “Dividendo Demográfico”, num evento organizado pelo Ministério da Juventude e Desporto, com apoio do Fundo das Nações Unidas da População (FNUAP). Esta estratégia foi sugerida pela União Africana no contexto da implementação da Agenda Africana 2063, e é considerada um importante factor de materialização dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os quatro pilares da estratégia são: emprego e empreendedorismo; educação e desenvolvimento de habilidades; saúde e bem-estar; direito, governação e empoderamento dos jovens.

Ler mais...

Anuncie aqui! Clique para mais informações.