Info Angola

Destaques

Destaque

Angola aborda cooperação com CNUCED

O encontro realizado após a primeira sessão do II Exame da Política Comercial de Angola na Organização Mundial do Comércio, no Palácio das Nações, teve como destaque o Memorando de Entendimento assinado entre a CNUCED e o Governo angolano.

Os dois interlocutores passaram também em revista o acompanhamento da CNUCED em relação ao processo de graduação de Angola dos países Menos Avançados (PMA), que será efectivo, em princípio, em 2018. Depois de realçar a política do Executivo de diversificação da economia angolana por forma a fazer face a actual queda do preço do barril de petróleo no mercado mundial, Mukhisa Kituyi manifestou a disponibilidade da CNUCED de prosseguir com a assistência técnica a Angola, tendo em vista a sua graduação nos PMA.

Ainda sobre a diversificação da economia angolana, assegurou que a Conferência está disposta a ajudar o Governo nos seus projectos de desenvolvimento, nomeadamente nos domínios da agricultura, pesca e indústria, entre outros.

Manifestou-se esperançado que Angola vai ultrapassar os desafios que se afiguram para o combate à fome e à pobreza, e a melhoria das condições de vida da população, com a implementação da nova estratégia do Executivo de diversificar a economia, pois, como afirmou, o país tem registado um crescimento visível na sua economia. As duas partes abordaram igualmente os diferentes programas sectoriais que visam incrementar o papel e desempenho do sector não-petrolífero, bem como a crise do petróleo e o seu impacto sobre a economia angolana.

Por seu lado, a ministra destacou a cooperação de Angola com a CNUCED nos mais diversos domínios e deu a conhecer os esforços do governo na diversificação da economia, apostando no crescimento das exportações não-petrolíferas através de programas para estimular a produção nacional.

Rosa Pacavira falou dos investimentos que o governo tem realizado, tendo como objectivo a reabilitação e desenvolvimento das infra-estruturas, bem como a criação de um ambiente macroeconómico favorável ao investimento privado no sector não-petrolífero e a implementação de uma política de apoio ao desenvolvimento dos vários sectores da economia nacional.


Fonte: Angola Press, 22 de Setembro de 2015

[ Voltar ]
Anuncie aqui! Clique para mais informações.